A campanha “Desplastifique” apresenta resultados positivos na rotina de consumo e descarte consciente nos escritórios

Logo Desplastifique

Desde o início da campanha, foram 15 semanas de compartilhamento de informações sobre o lixo plástico, algumas palestras presenciais e online foram realizadas em todos os escritórios e unidades operacionais do grupo de empresas do BDIV11, e uma readequação do consumo interno, a campanha de conscientização “Desplastifique, não descarte essa ideia” está sendo um grande sucesso, sendo levada para fora dos escritórios pelas atitudes conscientes dos próprios empregados.

As ações de conscientização foram iniciadas em outubro de 2021, durante a abertura da Semana Interna de Saúde, Segurança e Meio Ambiente 2021 (SISSMA), ocasião em que todos foram presenteados com um kit contendo copo e canudos reutilizáveis, escova de dentes de bambu, sacola ecológica e uma camisa feita com material de aproveitamento de PET, além de informações em um papel semente.

Segundo a diretora, Rosane Marques objetivo com a distribuição dos itens foi mostrar alternativas ao uso do plástico. “Às vezes, a gente está tão habituado a consumir e descartar plástico o tempo todo que não se dá conta que existem outras possibilidades, que são melhores e evitam a poluição. Nossa meta foi sinalizar: olha, você tem opção!”, comenta.

O projeto de conscientização levantou informações sobre os impactos dos resíduos plásticos para o meio ambiente, especialmente à vida marinha, e para a saúde humana. Trouxe dados da Universidade de Queensland, que apontam que 52% das tartarugas marinhas podem ter ingerido lixos plásticos no mundo, e que os plásticos também são responsáveis pela morte de diversas outras espécies, de baleias a aves marinhas.

Nas palestras realizadas, foi alertado também que os pedaços de plástico não desaparecem completamente, se tornam cada vez menores, e, de acordo com a Society of Environmental Toxicology and Chemistry (SETAC), o micro e o nanoplástico passam ilesos pelas estações de tratamento de água, chegando às nossas torneiras.

“São mais de 11 milhões de toneladas de plástico por ano sendo lançadas no mar! A ONG Sea Shepherd destacou que em 2050 haverá mais plásticos nos oceanos do que peixes no mar! Não podemos ficar de braços cruzados. A campanha promoveu essa conscientização, que a meu ver é o primeiro passo para unir esforços. Foram informativos e palestras ao longo de todo o período, e mudamos o consumo nos escritórios”, pontua Rosane.

Dentre as adequações, copos plásticos foram substituídos por copos orgânicos, feitos com mandioca como matéria base; os novos mexedores de café são de bambu e a bucha para lavar a louça é vegetal. O lixo do escritório também passou por uma estruturação de descarte focado na coleta seletiva, e parcerias para que a destinação dos recicláveis seja eficiente e sustentável foram firmadas.

“Desde que a campanha começou e a coleta seletiva foi iniciada, conseguimos separar e dar destino mais sustentável para cerca de 100 quilos de resíduos recicláveis. A nossa missão é diminuir o consumo o máximo possível, e continuar dando destinação correta para o que pode ser reciclado. Mostramos para todos o que passa a ser nossa cultura organizacional em relação ao lixo”, ressalta um dos palestrantes da campanha, Osvaldo Santos.

Osvaldo também conta que já possui um retorno muito positivo como resultado da campanha nos relatos dos funcionários. “Já soubemos que muitos adotaram as ideias em casa, conversaram com a família sobre as informações que dividimos e passaram a separar o lixo seco e úmido, optaram em usar o copo do kit no dia a dia, e recebemos elogios pelo uso da bucha vegetal para a louça, pois funciona muito bem. Para nós, isso é um incentivo muito grande e já estamos estruturando o próximo tema para uma nova campanha”.

Publicado por KICk

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Este site não coleta cookies e usa dados pessoais de acordo com o nosso Aviso de Privacidade . Para mais informações, consulte AQUI. Ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.